Mais de 480 milhões de animais morreram devido aos graves incêndios na Austrália

Atingidos pelas chamas ou mortos pela falta de comida e abrigo, mais de 480 milhões de animais foram vítimas dos devastadores incêndios florestais que devastam a Austrália desde setembro.
O cálculo refere-se apenas às espécies de uma grande parte dos mamíferos, aves e répteis que habitam o estado de Nova Gales do Sul, que com seus 36.000 quilômetros quadrados de terras, uma área semelhante à de Taiwan, é a mais afetado pelas chamas.
“É um desastre sem precedentes do ponto de vista da vida selvagem”, disse Chris Dickman, ecologista da Universidade de Sydney, que enfatizou que seus cálculos excluem insetos, peixes, sapos e alguns mamíferos, como morcegos.

“Alguns animais foram morreram no incêndio, outros teriam voado ou foram enterrados no subsolo”, acrescentou Dickman, enfatizando que “o perigo é quando eles retornam ou vão à superfície e não encontram comida ou encontram raposas ou gatos que os perseguem. ”

Dickman, que foi presidente da Sociedade Australiana de Animais e do Comitê Científico de Nova Gales do Sul, e sua equipe da Universidade de Sydney, fez a estimativa com base em um estudo do World Wide Fund for Nature (WWF) ) de 2007 sobre o impacto do abate de árvores nos animais.
Esse trabalho do WWF combinou dados da superfície do desmatamento com os de outros estudos sobre a densidade populacional de mamíferos em Nova Gales do Sul, uma fórmula que a equipe de Dickman usou para alcançar sua estimativa.
O especialista disse que, extrapolando os resultados para todo o país, onde foram queimados 50.000 quilômetros quadrados de terra ou uma área comparável à da Costa Rica, o número de animais afetados pode chegar a um bilhão.
O desequilíbrio nos ecossistemas
O impacto dos incêndios não será conhecido com precisão até que os cientistas possam entrar nas áreas afetadas, mas já é estimado que o dano seja imenso devido ao desequilíbrio causado nos ecossistemas, onde muitas das espécies afetadas contribuem para a polinização de transporte de plantas ou sementes, entre outros.
Dickman observou que a recuperação de áreas queimadas pode ser afetada pela ausência dessas espécies que desempenham um papel fundamental na saúde de diferentes habitats.
“Se os ecossistemas afetados estiverem isolados, pode levar muitos anos até que algumas espécies retornem. Existem muitos répteis e mamíferos que não têm muita mobilidade. E alguns podem nunca voltar ”, disse o ecologista.
Segundo o especialista, outros ecossistemas que não foram levados em consideração também serão afetados, como os rios, que sofrerão uma degradação da qualidade de suas águas, o que terá consequências nas fontes alimentares dos animais que vivem neles.

AUSTRÁLIA, LUGAR DE ESPÉCIES ÚNICAS
A Austrália abriga uma grande variedade de animais únicos em seu território continental, com cerca de 300 espécies nativas, incluindo marsupiais como cangurus e coalas, monotremados como ornitorrincos e equidnas e placentários como dingos.
Destas, cerca de 244 espécies ou 81% são encontradas apenas na Austrália, informou a Universidade de Sydney em comunicado.
“O que é assustador é que cerca de 34 espécies de mamíferos nativos da Austrália se extinguiram nos últimos 200 anos com a colonização. É a maior taxa de perdas em qualquer região do mundo ”, disse Dickman, afirmando que está relutante em pensar que a catástrofe provocada por incêndios é a nova norma.
“Com a aceleração das mudanças climáticas, teremos períodos mais longos de seca e os incêndios serão mais severos no futuro”, disse o ecologista, defendendo o trabalho conjunto entre cientistas e governos.

Fonte: americadigital

Você conduz um ônibus. Subiram 15 e desceram 7. Desceram 8. Subiram 11 e desceram 5.

E então, quantos passageiros restam?
Sabe responder?
Vamos analisar:
– Subiram 15 passageiros e desceram 7.
Sendo assim: 15-7 = 8.
Até aí, 8 passageiros no ônibus.
– Desceram 8.
Haviam 8 passageiros e desceram os 8. Então, não temos nenhum passageiro.
– Subiram 11 e desceram 5.
Sendo assim: 11-5 = 6.
Ou seja, 6 passageiros.
Mas espere, você é o motorista do ônibus.
E um motorista é também um passageiro.
Resposta: 7 passageiros.
Gostou da dica? Compartilhe com os amigos!

Creditos: Matematica genial

Quantos 9 tem de 0 a 100?

Já conseguiu descobrir?
Para resolver, vamos contar:
09 – 19 – 29 – 39 – 49 – 59 – 69 – 79 – 89 – 90 – 91 – 92 – 93 – 94 – 95 – 96 – 97 – 98 – 99
Contando os 9, totaliza em 20 noves.
Alguns erros são comuns neste tipo de desafio, por exemplo:

  • Na hora da contagem, esquecem de contar os algarismos 9 do 90 ao 98;
  • Na hora da contagem, contam somente o número 9;
  • Ou também, esquecem de contar os dois noves do 99.

Resposta: 20 algarismos 9

Jovem inca morta em ritual há cinco séculos tinha sinais de embriaguez

Múmia encontrada em ótimo estado de preservação na Argentina teve cabelo analisado

BRADFORD, Reino Unido – O cabelo longo e bem trançado de uma menina de 13 anos morta há cinco séculos foi a pista que cientistas da Universidade de Bradford, no Reino Unido, precisavam para desvendar mais mistérios sobre os rituais de mumificação no Império Inca, que não raro envolvia o sacrifício de crianças.

A jovem foi encontrada congelada no alto do vulcão Llullaillaco, na província argentina de Salta. Uma análise bioquímica no cabelo de “Donzela”, como foi batizada pelos cientistas, revelou que ela ingeriu quantidades muito altas de álcool e drogas nas últimas semanas de vida.

O alto do vulcão fica a 6.739 metros acima do nível do mar e a temperatura negativa lá no alto foi fundamental para o estado de conservação da jovem, encontrada em 1999 e considerada uma das mais bem preservadas múmias incas já descobertas. Os incas acreditavam que o estado de embriaguez permitia a ascensão ao mundo espirital. Ao contrário do que se pensa em nossa sociedade, a alteração de consciência provocada por substâncias era tida como sagrada. Ela foi encontrada com duas outras crianças, uma garota de 6 e um menino de 7 anos, em sepulturas separadas.

— O cabelo cresce cerca de um centímetro por mês e, uma vez formado, não sofre quaisquer alterações — diz Andrew Wilson, o líder da pesquisa, em comunicado divulgado pela universidade. — Substâncias como a cocaína e o álcool deixam marcadores que podem nos dizer o quanto a pessoa estava consumindo quando essa parte do cabelo estava crescendo. Do cabelo da Donzela, temos um cronograma dos últimos dois anos até sua morte, mostrando-nos um pouco do que ela comeu e bebeu.

As descobertas foram publicadas na revista científica “Proceedings of the National Academy of Sciences” (PNAS). As análises mostraram que as três crianças tinham ingerido tanto coca quanto álcool, mas Donzela — que foi encontrada com folhas de coca mastigadas na boca — havia ingerido níveis mais altos das substâncias. Foi possível saber também que a adolescente teve picos de consumo de coca 12 meses antes de sua morte e, quando faltavam seis meses para o sacrifício, ingeriu até três vezes mais que nos outros períodos. A análise também mostrou que o consumo de álcool da Donzela atingiu o pico em suas últimas semanas, enquanto o consumo para as outras duas crianças era estável.

Com os resultados das análises nas mãos, Wilson consultou relatos históricos produzidos pelos colonizadores espanhóis na época para concluir:

— É provável que a Donzela tenha sido escolhida para o sacrifício 12 meses antes de sua morte, o que corresponde ao acentuado consumo de coca. (A partir da escolha) ela foi, então, provavelmente, envolvida numa série de rituais, como o consumo de coca e de álcool. As duas substâncias eram controladas, consideradas um produto de consumo da elite e com significado ritualístico para os incas.

Não havia sinais de violência nas crianças. O provável é que tenham morrido pela exposição ao frio. Os níveis mais altos de coca e álcool em Donzela sugere que as substâncias foram usadas como sedativo.

A posição em que as múmias foram encontradas também são típicas de um sacrifício: sentada de pernas cruzadas com a cabeça pendendo para frente e com seu cocar e artefatos ao seu redor intactos.

Relatos sobre o Império Inca daquele período indicavam que crianças, muitas vezes a partir dos 4 anos e mulheres na fase da puberdade, eram doadas para o sacrifício pelos seus pais, processo conhecido como “copachoca”.

O sacrifício era uma honraria e nenhuma tristeza podia ser demonstrada quando a criança era doada. Mas o uso do sacrifício como uma forma de controle social gerava temor nas comunidades incas.

Fonte: O Globo

Numa quarta feira André foi à caça, numa quinta matou um coelho…

Qual a sua resposta?

Vamos para explicação: 
Esse tipo de questão muitas pessoas fazem confusão…
Numa quinta matou um coelho; (Quinta usualmente é uma propriedade, quita-feira seria usado para um dia da semana).
Numa cesta levou para casa; (Aqui está a confusão, “cesta” seria um recipiente usado para colocar, guardar ou transportar objetos ou alimentos. “Sexta” dia da semana.
Ele foi a caça na quarta, matou numa propriedade (quinta) ; então como comeu no dia seguinte, ele comeu na quinta-feira.
Resposta: quinta-feira.

Quantos triângulos há na figura? Triângulos ou losangos?

Muitas pessoas costumam fazer confusão nesses testes.


Vamos para resolução:
Em um exercício desse, devemos sempre tomar cuidado e observar muito atentamente.

Cuidado para não confundir triângulos e losangos.

Triângulos são figuras geométricas que possuem três lados. 

São polígonos e, por isso, herdam as características e propriedades deles.

Temos 3 triângulos pequenos;

2 triângulos médios;

1 grande.

Sendo assim, temos 6 triângulos.

Creditos: Matematica genial

Teste de visão – Quantos dedos tem na imagem?

Conseguiu descobrir?

Vamos para explicação:
O teste começa falando que 98% das pessoas fazem confusão!
Podemos ter mais de uma resposta dependendo do ponto de vista:
A primeira resposta seria 5 dedos os outros são artificiais…
A segunda resposta seria contarmos os que conseguimos enxergar, na primeira mão 5 dedos, na segunda parte, 25, na terceira 125, somando tudo teríamos 155.


A terceira e mais concreta, seria que a contagem tende a ser infinito infinito, pois essa imagem tende a ser um fractal. 
Um fractal é um objeto geométrico que pode ser dividido em partes, cada uma das quais semelhante ao objeto original. Diz-se que os fractais têm infinitos detalhes, são geralmente autossimilares e de escala. Em muitos casos um fractal pode ser gerado por um padrão repetido, tipicamente um processo recorrente ou iterativo.” Fonte: wikipedia

Para os inteligentes: Em uma tarde chuvosa, assassinaram a patroa da casa…

Também é um ótimo desafio para quem gosta de jogos de investigação!
Dentre os três suspeitos, quem pode ser o assassino? analise com atenção.
As pistas estão por aí mesmo…
Não desista!
Já conseguiu descobrir?
Vamos então investigar:
Um detalhe importante: como dito na primeira linha, era uma tarde chuvosa.
O mordomo disse: – Eu estava abrindo a porta.Não temos nenhum motivo para alegar que ele estava mentindo. Então, vamos ao próximo suspeito:
A empregada disse: – Eu estava arrumando a casa. Também não temos motivo para alegar que era mentira dela. Vamos ver a resposta do próximo suspeito:
O jardineiro disse: – Eu estava molhando as plantas.Lembra que estava chovendo? Então, porque ele iri regar as plantas se estava chovendo? Sendo assim, concluímos nossa investigação!
Resposta: O assassino foi o jardineiro!
Gostou? Compartilhe com seus amigos que gostam de jogos de detetive.

Descubra: Como esse homem pode escapar dos 3 animais?

Como esse homem pode escapar dos 3 animais?
Veja que ele está numa enrascada! O jacaré está na água, o leão em baixo da árvore e, na árvore, onde o homem está agarrado, um cobra está bem pertinho dele.
Como é possível ele sair vivo dessa?
Uma observação importante: note que no pé da árvore existe uma espingarda.
Existem várias possíveis soluções para o homem sair vivo desta situação:

Solução 1

Agarrar a cobra e arremessá-la no leão. Pegar a arma e atirar.

Solução 2

Se você acha improvável que o homem consiga agarrar a cobra, ele pode: jogar a camisa sobre o leão. Neste momento de distração para o animal, pegar a arma e atirar.
E você, encontrou uma solução diferente?

Imagem retirada de: goo.gl/5Y9a4a

Creditos: Matematica genial