Michelle Bolsonaro emociona o Brasil ao encontrar jovem portador de doença rara

A primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, emocionou milhares de pessoas pelas redes sociais por conta de um gesto protagonizado nesta terça-feira, 2 de abril. Michelle teve um encontro com o jovem Leryston Matheus, de 21 anos. Ele sofre de uma doença rara, que dá um aspecto de queimadura em sua pele. 
O encontro da primeira-dama com o jovem aconteceu na cidade de Campina Grande, na Paraíba. Ao ver o jovem, que é mais conhecido como ‘Leleu Guerreiro’, Michelle Bolsonaro não  conteve a emoção e teve um gesto de humildade. Ela fez questão de abraçar o jovem e chorando deu a ele um lindo sorriso.

Abaixo, o leitor pode ver a chegada de Michelle Bolsonaro para conhecer o jovem. De cara, ela já demonstrou bastante emoção:

Foto/Reprodução: Facebook Autor desconhecido

Após o primeiro encontro e um forte abraço, a primeira-dama fez questão de conhecer um pouco da história desse jovem batalhador, que apesar dos problemas ocasionados por sua doença, jamais desistiu de lutar por sua vida e virou motivo de inspiração para muitas pessoas.
A visita fez parte da segunda etapa da agenda de Michelle na cidade. Ela também conheceu a família de Sara e seu filho Daniel, de 2 anos. Ambas as famílias são assistidas pelo programa Criança Feliz.
Por volta das 16h, a comitiva seguiu para o aeroporto João Suassuna, de onde embarcou para Brasília.
O jovem que se encontrou com a primeira-dama sofre de uma doença conhecida como a epidermolise bolhosa.  Há muitos tipos de epidermólise bolhosa, com quadros clínicos variáveis e modos de transmissão genética diferentes.

Confira abaixo mais fotos que marcaram o momento:

A imagem pode conter: 1 pessoa
Primeira-Dama chora ao encontrar jovem com doença rara.
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, sentado

Fonte: 1News.

Aluno de Manaus é preso após ameaçar realizar massacre inspirado nos jovens de Suzano

Mais um aluno é visto em redes sociais caracterizado como os assassinos de Suzano, ameaçando realizar o terrível massacre da última quarta-feira (13). Ele estuda na Escola Estadual Sebastião Loureiro Filho, localizada no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

Aparentemente muitos jovens estão sendo influenciados pela atitude dos adolescentes de Suzano, em São Paulo. Recomendamos para que alunos e professores prestem bastante atenção a qualquer atividade suspeita em suas escolas.

A única informação repassada pelas autoridades até o momento é que o jovem da escola de Manaus já foi conduzido pela polícia para prestar esclarecimentos.

FONTE: Observatório Manaus


Linda jovem de 18 anos é abusada, espancada, morta e jogada em cisterna por 4 homens

Corpo de Rafaela Martins Cardoso, 18 anos, foi encontrado dentro de uma cisterna em uma chácara no município. Suspeito de participar dos crimes foi preso com celular da vítima.

Resultado de imagem para Jovem é sequestrada, estuprada e morta em Águas Lindas de Goiás

Uma jovem de 18 anos foi sequestrada, estuprada, morta enforcada e jogada dentro de uma cisterna em uma chácara de Águas Lindas de Goiás, no entorno do Distrito Federal. Rafaela Martins Cardoso estava em um ponto de ônibus na madrugada desta quarta-feira (6), quando quatro homens a colocaram à força em um veículo, de acordo com a Polícia Civil.

Um suspeito de participar do crime foi preso nesta quinta-feira (7). Segundo a corporação, Felipe Coelho Nascimento, 18 anos, nega que tenha participado do estupr0 e assassinato, mas confessa o envolvimento no sequestro. O G1 não conseguiu localizar a defesa dele.

Resultado de imagem para cisterna moça morta carnaval Rafaela Martins Cardoso

A vítima foi achada na zona rural do município, com uma mangueira enrolada no pescoço, mas, segundo o delegado Danilo Victor Nunes de Souza, um cadarço também foi usado para o enforcamento.

A mãe da menina foi quem procurou a polícia e disse que a filha tinha desaparecido após sair de uma festa no município com o namorado.

De acordo com o registro policial, a mãe entrou em contato com o rapaz, que informou o ponto onde tinha deixado a garota. Ela seguiria para a casa, por volta das 3h. A mãe foi então até a parada do ônibus e achou os óculos de grau da menina quebrados.

Câmera de um comércio perto do ponto de ônibus ajudou polícia a chegar até veículo usado no crime — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Câmera de um comércio perto do ponto de ônibus ajudou polícia a chegar até veículo usado no crime — Foto: Polícia Civil/Divulgação

De acordo com a polícia, a mãe da vítima conseguiu imagens do sistema de câmeras de um comércio perto do ponto. A gravação mostra o momento em que o veículo para e a garota é colocada à força dentro dele.

O caso inicialmente foi tratado como desaparecimento, mas, segundo o delegado, com a imagem e levantamentos de testemunhas, foi possível chegar até um Escort prata utilizado no crime.

“Tanto a PM quanto a Polícia Civil tiveram acesso à filmagem que mostra os suspeitos colocando ela dentro do carro”, disse o delegado Danilo Victor.

Ainda segundo ele, a PM recebeu uma denúncia de que havia um veículo com as mesmas características no Setor Santa Lúcia, em Águas Lindas, e foi até o local. Lá o suspeito foi localizado.

“Ele foi questionado pela PM, e após revista no carro foram localizados objetos da vítima, inclusive o celular dela. O suspeito não teve outra saída a não ser confessar que participou do sequestro. O suspeito apontou o local para onde a jovem tinha sido levada”, contou Danilo.

Os militares seguiram até uma primeira chácara na zona rural, que pertence a um dos envolvidos no crime. Chegando lá, os policiais chegaram a ver um segundo suspeito fugindo.

“Um caseiro contou aos militares que os suspeitos chegaram na casa com a menina amarrada, mas que logo depois levaram ela para outra chácara”, informou o delegado, completando que vai ouvir o caseiro para saber o motivo de ele não ter acionado a PM.

“No outro lugar indicado, Felipe contou que eles tinham jogado a vítima dentro da cisterna, onde os policiais a acharam de cabeça para baixo e com a parte cima sem roupa”, contou Danilo.

Outros suspeitos já identificados

De acordo com Danilo, O suspeito apontou os demais envolvidos, que já foram identificados. “Estamos mantendo o nome deles em sigilo, mas sabemos que alguns já têm passagem na polícia, um inclusive chegou a ficar preso em Santo Antônio do Descoberto”, disse o delegado.


“Enquanto as buscas não cessarem, eles ainda podem ser presos em flagrante. Se até esta sexta não conseguirmos localizá-los, vou solicitar prisões preventivas”, finalizou.

O caso deve seguir para o Grupo de Investigações de Homicídios (GPI) de Águas Lindas de Goiás, por estar sendo apurado como estupro seguido de latrocínio.

Fonte: g1.globo.com

Travesti surta e espanca homem cobrando por programa na frente de todos; Vídeo

Ela tinha até máquina de cartão para facilitar o pagamento. Alguns dos clientes prometiam ir ao banco sacar mais dinheiro e, como garantia, deixavam um documento. Mas, muitas vezes, não voltavam. Quando isso acontecia, ela entrava na conta de Facebook do homem e comentava o que tinha acontecido durante os programas em fotos em que ele estava com a família, os filhos e a esposa.

Veja a confusão que deu…

Vídeo:

Pai se passa por filho de 12 anos, marca encontro e espanca suspeito de assediar o garoto

Desde que a internet começou a se popularizar em todo o país, especialistas alertam sobre o perigo de crianças e adolescentes caíram em ciladas na rede mundial. Neste mês de fevereiro, uma história que aconteceu no Ceará chamou a atenção de muita gente.

No dia 19, um pai que descobriu que o filho de 12 anos mantinha conversas com um suspeito. O pai marcou um encontro em sua casa. O homem, de 55 anos, é um militar da reserva. Quando chegou ao local, ele foi espancado pelo pai do garoto e por outros vizinhos, de acordo com as informações divulgadas pela polícia.

O suspeito foi preso em flagrante e vai responder pelo crime de armazenar material envolvendo crianças e adolescentes. De acordo com a polícia, o fato de o pai ter se passado pelo menino impossibilita que o homem seja enquadrado também por assédio e aliciamento. Neste caso, a pena possível seria maior.

O contato do militar da reserva com o adolescente foi feito pelo Facebook, dois dias antes do encontro. O garoto achou estranho o teor da conversa e mostrou para o pai, que se passou pelo filho e marcou o encontro na própria casa.

Quando o homem chegou ao local, esperando encontrar o adolescente, deu de cara o pai do garoto e alguns vizinhos. Nas conversas pela rede social, o homem pedia que o menor enviasse fotos íntimas e ele mesmo mandou para o garoto um vídeo em que aprecia tendo relações com menores de idade.

A história poderia ter tido um final triste se o garoto não fosse orientado a não esconder nada dos pais e a não manter contato com pessoas que não conhece.

Adolescente mata Namorado da mãe que tentou estuprar sua irmã

Segundo o Chapecó Online, adolescente mata namorado da mãe que tentou estuprar sua irmã. O sujeito, Leonir Kochinski, cumpria pena por estupro e a mãe o colocou pra dentro de casa, onde residia por cerca de dois meses. O ocorrido aconteceu no final da tarde de domingo (24) na cidade de Mariópolis/PR.

Segundo informações da Polícia, o adolescente teria investido contra Leonir depois de uma tentativa de estupro de sua irmã e usou uma faca para se defender do estuprador, matando-o no processo. Ele teria tentado estuprar a adolescente no quarto, quando a menina pediu por socorro e o irmão e a mãe teriam ido em sua defesa.

Consta que Kochinski cumpria pena em regime aberto por estupro de vulnerável, condenado há mais de dez anos de prisão. A vítima da época (2007), também uma enteada, engravidou por conta da violência sexual sofrida.

A mãe e o adolescente foram conduzidos à 5ª SDP em Pato Branco para prestar esclarecimentos. A adolescente foi conduzida ao pronto atendimento de Pato Branco para exames de corpo delito e o caso será agora investigado pela Polícia Civil.

P.S.: Algumas fontes afirmam que Leonir Kochinski era o pai das vítimas que teria voltado pra casa depois de cumprir 7 anos em regime fechado por ter estuprado uma enteada.

Empresário diz ter sofrido preconceito racial após levar ‘gravata’ em agência bancária; Vídeo

RIO — Após tentar resolver um problema burocrático numa agência bancária da Caixa Econômica Federal em Salvador, o empresário Crispim Terral, de 34 anos, levou uma “gravata” de um policial militar. Este momento foi filmado pela filha dele, de 15 anos, no último dia 19, sendo possível ouvir seu choro diante da cena. O cliente publicou as imagens em seu perfil do Facebook e afirmou ter sido vítima de preconceito racial. Crispim disse ainda ter se sentido indignado com a situação.

“Vou buscar meus direitos sim. Fui no hospital porque passei mal após a agressão, fui na corregedoria da polícia militar prestar queixa, está tudo registrado”, ressaltou. “Isso não pode passar impune”.

Em nota, a Caixa disse que “até o momento não foi identificada, por parte de nenhum dos seus empregados ou colaboradores, qualquer atitude de cunho discriminatório”.

“A Caixa repudia atitudes racistas ou de discriminação cometidas contra qualquer pessoa”, afirmou.

Crispim relatou ter sido tratado de forma “indiferente” por um gerente, que o teria deixado esperando por “quatro horas e quarenta e sete minutos”, enquanto atendia outras pessoas. Ele teria então buscado outro profissional, que também teria sido ríspido.

“Quando pensei que não poderia piorar, fui surpreendido pelo senhor João Paulo com a seguinte fala: ‘Se o senhor não se retirar da minha mesa, vou chamar uma guarnição’. E assim o fez. Chamou a guarnição, dois policiais me pediram, no primeiro momento, de forma educada, para que pudéssemos nos dirigir juntamente com gerente até a delegacia para prestar esclarecimentos. Até aí tudo bem”, contou o empresário.

No entanto, o gerente identificado como João Paulo afirmou, conforme o vídeo mostra, que “não faz acordos com esse tipo de gente”. Em outro momento, diz que só iria acompanhá-los à delegacia se o cliente saísse do banco algemado.

“Em pleno século 21, fui tratado de forma ríspida e claramente fui vítima de preconceito racial”, frisou Crispim.

A Polícia Militar da Bahia informou que uma guarnição do 18º Batalhão foi solicitada por funcionários da Caixa Econômica no Relógio de São Pedro, “em razão de um dos clientes se recusar a deixar a agência mesmo após o término do expediente”.

“No local, os policiais militares conversaram com o gerente da agência e ele relatou que o homem estava solicitando um comprovante de transação, que não poderia ser fornecido naquele momento, e solicitou a remoção do cidadão do interior do estabelecimento em razão do encerramento do expediente bancário”, disse a corporação.

De acordo com os policiais militares presentes no momento do tumulto, o cliente se exaltou e disse que não sairia da agência sem ter a sua demanda atendida.

“Houve a necessidade de empregar a força proporcional para fazer cumprir a ordem legal exarada, mesmo após diversas tentativas de conduzi-lo sem o emprego da força. Ele não foi algemado. O vídeo divulgado mostra uma condução técnica dos policiais militares na ação e também observa-se uma edição suprimindo parte do ocorrido”, afirmou a corporação.

Crispim foi conduzido à Central de Flagrantes, onde foi autuado por desobediência e resistência. Uma sindicância será instaurada pelo 18º BPM para apurar todas as circunstâncias da intervenção policial.

O empresário ressaltou que não agiu de forma grosseira ou deselegante e foi tratado “como bandido”.

Segundo Crispim, a saga de seu problema burocrático com a Caixa começou com dois cheques devolvidos. Ele teria pedido para sua gerente que o banco pagasse os valores, afirmando que depois iria repor a quantia. No entanto, como os credores o cobraram novamente por uma solução, o empresário contou ter pago os valores do cheques.

“Passaram-se alguns dias e verifiquei em um extrato que o banco havia descontado os valores dos cheques”, relatou Crispim. “Após constatar o erro, liguei para a gerente de minha conta e ela me informou que seria impossível eu estar com os cheques em mãos porque a transação já teria sido feita. Quando comprovei para ela que os cheques estavam realmente em minhas mãos, ela ficou ‘meio perdida’, sem saber como resolver. Percebi um certo despreparo ou descaso em resolver meu problema depois de inúmeras tentativas indo ao banco pra pelo menos conseguir o ressarcimento do valor. Sem sucesso, acabei sendo encaminhado para uma espécia de ‘gerente geral’ do banco”.

VÍDEO:

Funcionária de lotérica engana cidadão e fica com o dinheiro dele; Assista

Funcionária de uma lotérica em São José dos pinhais no Paraná, rouba dinheiro de um cidadão que foi sacar seu salário.

Após a atendente passar o cartão e o cliente digitar a senha, a mesma alega que não tem dinheiro na conta dele. Após o cidadão saí, ela completa à operação e retira o dinheiro e Guarda na carteira.

Vídeo:

CPF cancelado após tentativa de assalto a PM , assista

Todos os dias os criminosos saem as rua para cometer atrocidades. Os crimes acontecem por motivos fúteis, e tirar a vida de um cidadão de bem parece ser prazer para alguns bandidos.

Muitos brasileiros estão cansados dessa situação e aguardam o dia que poderão andar na rua com liberdade, sem medo de não poder voltar para casa. Pais de famílias, mulheres ou crianças, ninguém passa despercebido para certos bandidos que anseiam por cometer algum assalto.

Um soldado do Batalhão de Choque da Polícia Militar foi baleado na manhã desta sexta-feira (4) ao sofrer uma tentativa de assalto no conjunto Parque dos Coqueiros, na Zona Norte de Natal. O soldado reagiu e houve troca de tiros. Um dos bandidos morreu. O outro, ferido, foi socorrido.

De acordo com o oficial de serviço do BPChoque, o soldado não estava fardado, e caminhava pela Rua dos Esportes quando foi surpreendido pelos assaltantes. Assista:

Pais permitem que dono de casa abusasse da filha, várias vezes, para não pagar o aluguel

Durante dois anos, uma adolescente de 15 anos viveu um verdadeiro inferno onde morava com sua família. Sua mãe biológica e o padrasto estavam obrigando ela a ter relações com o proprietário da casa onde eles viviam, na cidade de Bernal; com isso eles não precisavam pagar o aluguel.

A adolescente foi resgatada por oficiais de Quilmes, depois que uma de suas tias fez uma queixa contra os autores, todos de nacionalidade paraguaia. De acordo com fontes policiais, o crime aconteceu em uma casa localizada em Neuquen Street.

A vítima vivia com a mãe, Ramona Pérola, de 37 anos, e seu padrasto, Julian Agripino, de 65 anos, um ex-pedreiro e aposentado, que também aproveitou a coexistência que teve com a menor para abusá-la.

O proprietário da residência, que abusava da vítima, foi identificado como Juan Bautista Rotela Dominguez, de 46 anos, que também foi preso e deve prestar contas à Justiça.

A mãe da vítima está sendo acusada de promover e facilitar a prostituição. Fontes próximas à investigação disseram que a mulher sofria ameaças e espancamentos do esposo para aceitar entregar sua filha a Rotela Domínguez. Para que pudessem ter contato íntimo com ela, o preço seria o aluguel da residência onde moravam.

A menina foi retirada dos cuidados dos pais e está com a equipe de Proteção Infantil na cidade de Florencio Varela, longe de seus agressores. Conforme relatos divulgados em jornais locais, a vítima estava grávida de um dos dois homens e a forçaram a fazer um aborto. O crime está sendo investigado pela polícia.