Michel Temer é o 8º ex-presidente do Brasil a ser preso; veja quem foram os outros

O ex-presidente Michel Temer foi preso nesta quinta-feira (21) e é acusado de ser um dos líderes de grupo criminoso que movimentou bilhões em propina em todo o Brasil nos últimos anos.

No momento, ele se junta a Luiz Inácio Lula da Silva, outro ex-presidente que está atrás das grades. Mas se engana quem pensa que os dois são os únicos ex-presidentes presos. Na verdade isso acontece quando se leva em conta o período da redemocratização.

Antes disso, porém, outros presidentes e ex-presidentes foram presos. Algumas das prisões aconteceram no período do regime militar, entre 1964 e 1985. A primeira delas foi registrada em 1922.

1 – Marechal Hermes da Fonseca

No total, oito ex-presidentes do Brasil foram presos depois ou durante o mandato. O primeiro a ser preso foi o Marechal Hermes da Fonseca, que governou o Brasil entre 1910 e 1914. O marechal preso duas vezes, ainda no período conhecido como República Velha. A primeira vez foi em 1922. Ele ficou 24 horas na cela. Na segunda vez, ficou preso por seis meses e foi solto por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

2 – Washington Luiz

O segundo presidente a ir para a cadeia foi Washington Luiz. A prisão ocorreu em 1930, quando Getúlio Vargas chegou ao poder por meio de um golpe, após prender o presidente que exercia o mandato.

3 – Arthur Bernardes

Artur Bernardes, que atuou no contra-golpe, foi preso dois anos depois. Ele ficou detido por dois anos e 11 dias no Rio de Janeiro. Bernardes havia presidido o Brasil entre 1922 e 1926.

4 – Café Filho

Café Filho assumiu a presidência em 1954, logo após Getúlio Vargas. No ano seguinte, foi hospitalizado depois de sofrer um infarto. Quanto teve alta recebeu voz de prisão.

5 – Juscelino Kubitschek

Presidente entre 1956 e 1960, Juscelino foi preso durante o regime militar, em 1968. Ele teve os direitos políticos cassados. A prisão aconteceu na saída do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e ele ficou detido por 27 dias.

6 – Jânio Quadros

Presidente do Brasil em 1961, Jânio foi preso durante o regime militar ao criticar o governo em exercício. Ficou 120 dias atrás das grades.

7 – Lula

Presidente do Brasil entre 2003 e 2010, Lula foi condenado em julho de 2017, a nove anos e seis meses de prisão. Em segunda instância, em janeiro de 2018, a pena foi aumentada para 12 anos e um mês.