Homem que reagiu a assalto em MG será investigado pela Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais está com um caso delicado nas mãos, o do jovem que reagiu à abordagem de um criminoso e o imobilizou com socos e chutes em Minas Gerais.

Na última quinta-feira, um estudante de 20 anos foi abordado por um bandido com um simulacro e reagiu, desferindo inúmeros golpes no meliante.

No calor da emoção, ele resolveu filmar a ação e o vídeo logo se espalhou pelas redes sociais.

O caso aconteceu no bairro Camargos, região Noroeste de Belo Horizonte.

VÍDEO:

A Polícia Civil de Minas Gerais está apurando os fatos e, segundo sua assessoria de imprensa, em entrevista ao  Estado de Minas, vão averiguar “um possível excesso da vítima quanto à defesa”. A assessoria também afirmou que o delegado responsável está de férias, mas que isso não atrapalhará as investigações.

A vítima do assalto fez o boletim de ocorrência logo após abandonar o local.

Já o bandido, foi encontrado no mesmo local pela polícia e levado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) JK, em Contagem, na Região Metropolitana de Minas Gerais, onde foi atendido e liberado.

Logo depois ele foi ouvido e autuado em flagrante por tentativa de roubo e, posteriormente, encaminhado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte.

Homem que reagiu a assalto em MG será investigado pela Polícia Civil; diz site

Segundo o site: Correio Braziliense… A Polícia Civil de Minas Gerais está com um caso delicado nas mãos, o do jovem que reagiu à abordagem de um criminoso e o imobilizou com socos e chutes em Minas Gerais.

Na última quinta-feira, um estudante de 20 anos foi abordado por um bandido com um simulacro e reagiu, desferindo inúmeros golpes no meliante.

No calor da emoção, ele resolveu filmar a ação e o vídeo logo se espalhou pelas redes sociais.

O caso aconteceu no bairro Camargos, região Noroeste de Belo Horizonte.

 

A Polícia Civil de Minas Gerais está apurando os fatos e, segundo sua assessoria de imprensa, em entrevista ao  Estado de Minas, vão averiguar “um possível excesso da vítima quanto à defesa”. A assessoria também afirmou que o delegado responsável está de férias, mas que isso não atrapalhará as investigações.

A vítima do assalto fez o boletim de ocorrência logo após abandonar o local.

Já o bandido, foi encontrado no mesmo local pela polícia e levado à Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) JK, em Contagem, na Região Metropolitana de Minas Gerais, onde foi atendido e liberado.

Logo depois ele foi ouvido e autuado em flagrante por tentativa de roubo e, posteriormente, encaminhado para o Centro de Remanejamento do Sistema Prisional (Ceresp) Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte.

 

FONTE: Correiobraziliense

Estudante de 16 anos que não aceitou reatar com ex de 33 é estupr@da e esfaqueada até a morte

A estudante Luana Maciel dos Santos, de 16 anos, foi violentada s3xualmente antes de ser esfaqueada e morta em Apiaí, no interior de São Paulo, segundo a Polícia Civil. O principal suspeito é o ex-namorado dela, o pedreiro Josemar de Paula Siqueira, de 33, que pode ter recebido ajuda de outros dois homens, que ainda não foram identificados, para cometer o crime.

O homicídio ocorreu no sábado (24) na residência da irmã da vítima, localizada rua Itaóca, no bairro Palmital. A jovem foi encontrada seminua na cama, com perfurações na região do pescoço, já sem vida. Havia sangue espalhado pela cozinha e outros cômodos do imóvel, que foi interditado para perícia e que, segundo a polícia, indica que houve luta corporal.

Para a Polícia Civil, o principal suspeito do crime é o ex-namorado da estudante, com a qual a jovem se relacionou por aproximadamente dois meses. “Familiares nos relataram histórico de agressão e constantes ameaças dele contra ela”, informou o delegado Valmir Oliveira Barbosa, responsável pelo caso.

Josemar foi preso no mesmo dia, ainda a tempo do flagrante, e negou qualquer participação no homicídio. “Mas a versão de testemunhas e imagens de monitoramento mostram ele se aproximando da casa junto com outros dois jovens. Ao negar, ele também não indica quem poderia ter assassinado a jovem”, conta.

Segundo Barbosa, um exame preliminar no corpo de Luana indicou que ela foi vítima de violência s3xual antes de ser morta. “Havia graves machucados no ânus dela e agora queremos saber se ela foi vítima de estupro cometido pelo ex-namorado ou pelas outras duas pessoas que o acompanhavam”, afirma o delegado.

A autoridade policial trabalha para identificar os outros dois suspeitos e entender a participação real deles no crime. “Estamos focados em localizá-los para saber o que eles, de fato, fizeram. Aguardamos os demais laudos e continuamos investigando o caso, que chocou toda a nossa região”, finaliza Barbosa.

Caso Daniel: Polícia faz revelações sobre Cristiana Brittes e o que diz choca

morte do jogador Daniel Correa Freitas ganhou novos contornos nesse domingo, 25. Uma reportagem do Fantástico mostrou a casa da família Brittes. Trazendo novidades sobre o  caso, o programa da Globo revelou que Cristiana Brittes  também será indiciada pelo assassinato do jogador,

Inicialmente, o empresário Edison Brittes e sua esposa haviam dito que o crime foi motivado por um suposto abuso sexual da parte de Daniel. Segundo  o relatório feito pelos investigadores, Cristiana teve papel decisivo no fim do atleta.

A investigação concluiu que  Cristiana Brittes sabia do comportamento violento do companheiro. Mesmo após ele começar a espancar Daniel, a esposa de Edison nada teria feito para impedir que o pior acontecesse com o jogador.

A defesa da família Brittes nega que Cristiana tenha participado no assassinado do jogador e lembra que Daniel fez imagens dela enquanto essa dormia. Esse material, que foi enviado pelo atleta a um amigo, é considerado uma das maiores provas para tentar uma pena menor para a família.

Na quarta-feira (21), Cristiana tinha sido indiciada pelos crimes de fraude processual e coação de testemunhas, mas o promotor do caso decidiu denunciá-la também pelo homicídio do jogador.

Caso ela seja condenada pelo crime, pode passar diversos anos de prisão em regime fechado. A família de Daniel pede justiça em torno do caso e nega que ele teria uma postura de abusador.

A investigação diz que foi Cristiana quem pediu para que o marido e amigos levassem Daniel para fora de sua residência. Parte dos convidados que estavam na festa ainda tiveram que limpar os vestígios da confusão.

 

 

Suspeito de invadir hospital e atirar em desafeto morre após ser espancado; vídeo

Everton Lima Martins, 23, um dos suspeitos de invadirem o Hospital 28 de Agosto para executar um suposto desafeto, morreu na madrugada dessa segunda-feira (26), no Hospital João Lúcio, Manaus.

Segundo a polícia, Everton é quem aparece na imagem das câmeras de segurança da unidade atirando contra o paciente na maca na ala cirúrgica. Ele foi preso juntamente com outros dois suspeitos identificados como Gabriel Marreira de Melo, 22, e Renan Alves de Maia, 22, dentro do hospital.

Conforme a PM, enquanto eram transportados para a delegacia em uma viatura da Rocam, o trio se desentendeu e se agrediu na parte de trás do veículo. Martins teria sofrido lesões graves e acabou morrendo horas depois no pronto-socorro da Zona Leste.

 

 

Câmera de segurança flagram mulher sendo executada

 

Mais uma mulher foi morta no Conjunto Ceará, em Fortaleza. Na calçada de casa, com outras pessoas, a vítima foi alvejada por dois homens que estavam em um moto. O crime ocorreu no último sábado (24) e teria sido uma execução. Na semana passada, uma pastora evangélica também foi assassinada com as mesmas características.

Segundo testemunhas, a mulher identificada apenas como Paulinha, estava na calçada com outras pessoas, inclusive crianças. Dois homens se aproximaram em uma moto e o garupeiro pulou do veículo já atirando na mulher. Ela ainda tentou correr, mas não houve tempo para escapar. Os bandidos fugiram logo em seguida.

O crime ocorreu na 4ª etapa do Conjunto Ceará. Os criminosos ainda não foram identificados e presos. A vítima foi levada por populares para o hospital do bairro, mas não teria resistido. A jovem teria algum envolvimento com o crime e já teria passado por unidade prisional.

 

Garotinha de 2 anos gritou e chorou ao ser estupr@da pelo pai em vídeo postado por ele na internet

Detalhes horripilantes do abuso que a criança supostamente sofreu nas mãos de seu pai James Lockhart foram descobertos, uma vez que ele corre o risco de ser condenado a pena de morte pelo abuso na Flórida, no Estados Unidos.

Na queixa criminal divulgada pela WFLA, diz: “O vídeo documenta o estupr0 com todos os detalhes cruéis. A criança continua a gritar e chorar enquanto o crime é cometido pelo o seu pai.”

De acordo com o Jornal Miami Herald, o pai, de 30 anos, também fez postagens em páginas seguramente criptografadas detalhando suas experiências sexuais com uma menina e menino, enquanto pedia sugestões de coisas que ele poderia fazer com as crianças, para atualizações futuras.

Os agentes da Segurança Interna rastrearam o acusado, Lockhart, até sua casa através do serviço de mensagens instantâneas em 5 de outubro. Eles mostraram os vídeos a esposa do pedófilo com o rosto da menina desfocado. Ela reconheceu instantaneamente a filha, a mão do marido, o sofá e o brinquedo de pelúcia da menina.

 

Lockhart foi preso na Cadeia do Condado de Manatee antes de sua próxima aparição no tribunal (Foto: Google Maps)

Uma análise mais aprofundada provou que a mão que aparece no vídeo combinava com a de Lockhart, com a análise de caligrafia mostrando ainda que a escrita do pai correspondia algumas anotações visto na gravação.

A menina alegou ter sido abusada. Já seu irmão gêmeo, foi levado em custódia no dia da prisão de seu pai. O suspeito teria feito outras publicações sob o nome HardWood.

O Gabinete do Xerife do Condado de Manatee diz que Lockhart está enfrentando inúmeras acusações, incluindo a de capital sexual – o que significa que ele pode ser condenado à morte se for condenado.

Homem compra armário usado em leilão e acha R$ 28 milhões dentro dele

Um homem que não teve o nome revelado (por motivos óbvios) foi o felizardo comprador de um armário de ferramentas de leilão de R$ 1.900 (US$ 500). Por que? Porque lá dentro tinha nada menos que R$ 28,3 milhões, em dinheiro.

O caso foi revelado pela estrela de TV e especialista em leilões Dan Dotson.

Ele afirmou que uma mulher o abordou durante o evento e lhe contou a história estranha.

Segundo o relato, um homem comprou durante um leilão promovido pelo próprio Dotson um armário de guardar ferramentas. E lá dentro tinha R$ 28,3 milhões (US$ 7,5 milhões) em dinheiro.

 

 

Após a divulgação, os advogados dos vendedores do armário original fizeram uma oferta de R$ 2,3 milhões pelo dinheiro, o que foi recusado pelo comprador anônimo.

Só quando a oferta subiu para R$ 3,4 milhões ele aceitou e devolveu o restante.

O nome dos compradores e dos proprietários não foram divulgados. Mas como tudo isso aconteceu ainda é um mistério: como alguém deixa uma fortuna dessas escondida dentro de um armário de ferramentas que vai a leilão e nem percebe.

Jovem morre com tiro na cabeça após bandido deixar arma cair em baile de favela; Veja

A Polícia investiga as circunstâncias da morte de Pammela Rosanne Gomes Vieira, 21 anos. Ela deu entrada baleada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manguinhos, às 4h30 deste domingo, dia 25 de novembro. Meia hora depois, não resistiu ao ferimento e faleceu.

Segundo amigos da jovem, ela estava na festa conhecida como “Baile do Jumetenga” quando a arma de um criminoso disparou acidentalmente a atingindo.

O evento seria promovido por traficantes para aumentar a venda de drogas das bocas-de-fumo pertencentes às facção Comando Vermelho (CV) no Complexo de Manguinhos, em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio. Já moradores afirmam que o baile não era do tráfico mas que bandidos armados estavam circulando entre as pessoas presentes.

Agentes da Divisão de Homicídios (DH) apuram a denúncia de que o autor do disparo já foi julgado e condenado pelo próprio Tribunal do Tráfico da facção criminosa e morto pelos comparsas.

A vítima, que era nascida e criada na Favela de Manguinhos, deixou um filho de 6 anos. Nas redes sociais, muita lamentação pela morte da jovem.

“Meus sentimentos e que Deus conforte seu coração e toda sua família, lamentamos muito oque houve, como queria que isso fosse apenas um pesadelo, mas infelizmente não é”, disse um internauta.

“Até agora não sei o que aconteceu.Quase morro pisoteada. Enfim,.muito triste”, disse outra.

 

🤭

Posted by Pammella Rosanne on Sunday, July 29, 2018

A Guerra do Atum – O ataque chinês contra um navio brasileiro; vídeo

Um navio atuneiro potiguar, com cerca de 22 metros de comprimento e 10 tripulantes a bordo, foi atacado por um navio chinês que tem mais que o dobro do tamanho. Segundo o Sindicato da Indústria de Pesca do Rio Grande do Norte, o ataque aconteceu no final da manhã desta quinta (22) a 420 milhas da costa brasileira (676 quilômetros), já em águas internacionais. Não há feridos.

“Está acontecendo uma guerra no mar, uma guerra pelo atum”, disse Gabriel Calzavara, presidente do Sindpesca.

O sindicalista contou que o navio chinês bateu propositalmente no Oceano Pesca I, que é o nome da embarcação potiguar. “Por rádio, o comandante chinês disse, em português, que iria mandar ao fundo o navio brasileiro. E começou a se aproximar muito rapidamente, até bater”, afirmou.

A Marinha do Brasil informou que tomou conhecimento do incidente de navegação entre a embarcação “Oceano Pesca I” e um barco de pesca estrangeiro. Em nota, o órgão informou que a Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte (CPRN), instaurou um inquérito para apurar causas, circunstâncias e responsabilidades do caso, bem como instruir ações nas instâncias adequadas.