Repórter da Globo é vítima de assédi0 em jogo do Corinthians, e vídeo mostra ‘mão boba’

A repórter Fabíola Andrade, da Rede Globo, desabafou que está arrasada. No último sábado (17), ela fazia as reportagens do jogo entre Corinthians e Vasco, na Arena Corinthians, quando foi tocada por um homem, que vestia os coletes destinados à imprensa. Provavelmente, o profissional é da mesma emissora que a repórter.

Em vídeo que circula nas redes sociais, o homem aparece tocando em Fabíola Andrade, enquanto ela tentava entrevistar o lateral Fagner. O vídeo repercutiu bastante, e Fabíola revelou a um seguidor, no Instagram, que estava arrasada com a situação.

Sou eu. A Globo vai apurar. Estou arrasada. Obrigado por avisar“, afirmou. A Rede Globo informou ao site Notícias da TV que está apurando o caso e quer identificar quem é o homem que aparece assediando a repórter.

VÍDEO>>>

O caso aconteceu no final da partida, quando houve confusão entre o lateral Fagner, do Corinthians, e alguns jogadores do Vasco. Fabíola Andrade queria entender o que estava acontecendo para reportar aos telespectadores do canal Premiere, que exibiu o jogo da 35ª rodada do Campeonato Brasileiro com exclusividade.

 

No vídeo, é possível ver que o homem toca na repórter em duas oportunidades. Nesta segunda-feira (19), após repercussão do caso, o Corinthians emitiu uma nota em solidariedade à profissional.

“O Sport Club Corinthians Paulista se solidariza com a repórter Fabiola Faria Andrade, vítima de assédio por um colega de imprensa durante a confusão no jogo de sábado. O episódio lamentável é prova irrefutável da importância das várias iniciativas do clube”, afirmou o clube.